Terceiro Quadro Comunitário de Apoio - Homepage ALT + H

Inserir Palavra Chave ALT + A ALT + B
In English ALT + C | Contactos ALT + D | Links ALT + E | Mapa do Sítio ALT + F


Espaço
DGDR
Informação Geral
QUAR
Contactos


Fundos Estruturais
Estrutura e Âmbito de Intervenção
FEDER
FSE
FEOGA
IFOP
2007-2013


Política de Concorrência na EU
Informação Geral
Enquad. dos Auxílios do Estado
Registo de Minimis Notícias e Publicações
Legislação


QCA/ Programas Operacionais

QCA
Anteriores QCA

QCA III
Texto Integral
Estrutura e Âmbito de Intervenção
Gestão e Acompanhamento
Avaliação
Controlo
Execução Financeira

Programas Operacionais
Educação
Emprego, Formação e Des. Social
Ciência e Inovação 2010
Sociedade do Conhecimento
Saúde - Saúde XXI
Cultura
Modernização da Administração Pública
Agricultura e Desenvolvimento Rural
Pesca
Economia - Prime
Acessibilidades e Transportes
Ambiente
Regional Norte
Regional Centro
Regional Lisboa e Vale do Tejo
Regional Alentejo
Regional Algarve
Regional Açores
Regional Madeira
Assistência Técnica e Financeira

Sistemas de Incentivos
Sistemas de Incentivo no QCA III
Por Sector de Actividade


Fundo de Coesão
Fundo de Coesão I

Fundo de Coesão II
Objectivos e Âmbito de Intervenção
Estratégia de Intervenção
Aprovação de Candidaturas
Acompanhamento de Execução
Projectos Aprovados
Legislação
Publicações
Contactos


Iniciativas Comunitárias
1994/1999

2000/2006
Estrutura e Âmbito de Intervenção
INTERREG III
URBAN
LEADER
EQUAL


Legislação
Legislação Base
Pesquisa

Publicações
Últimas Publicações
Catálogo
Contacto
Pedido de Publicações


Notícias
Últimas Notícias
Arquivo
Pesquisa


Informação e Publicidade
Regras de Informação e Publicidade
Logótipos para Download



Glossário

Iniciativas Comunitárias Espaço
Iniciativas Comunitárias
Espaço
Espaço
  Espaço  
Quadrado Espaço AS INICIATIVAS COMUNITÁRIAS
  Espaço As Iniciativas Comunitárias são programas específicos da União Europeia, que procuram encontrar soluções comuns para problemáticas que se manifestam em todo o território europeu. Aplicam-se regra geral às regiões elegíveis para os objectivos da coesão económica e social, sem excluir outras zonas a título excepcional.

Considerando que as acções realizadas a título dos objectivos prioritários devem ser complementadas por acções de interesse comunitário efectuadas por iniciativa da Comissão, foram definidos quatro programas que beneficiam de 5,35% da dotação dos Fundos Estruturais, sendo cada uma delas financiada por um único Fundo.

Quadrado Espaço AS INICIATIVAS COMUNITÁRIAS PARA 2000-2006:
  Espaço


INTERREG III

O objectivo do INTERREG III consiste em reforçar a coesão económica e social da Comunidade Europeia fomentando a cooperação transfronteiriça, transnacional e inter-regional, bem como o desenvolvimento equilibrado do seu território. Visa em primeiro lugar e com destaque o desenvolvimento regional integrado entre regiões fronteiriças vizinhas, incluindo as fronteiras externas e certas fronteiras marítimas. Além disso visa uma integração territorial equilibrada em todo o território da Comunidade e com os países candidatos e outros países vizinhos através da cooperação transnacional e da cooperação inter-regional.

FINANCIAMENTO : Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).


URBAN II

O Programa URBAN II destina-se a lutar contra os problemas, económicos, ambientais e sociais, que se concentram, de modo crescente nos centros urbanos. Inclui uma série de operações que combinam a recuperação de infra-estruturas degradadas ou obsoletas com acções nos sectores económico e do mercado de trabalho, complementadas por medidas destinadas a combater a exclusão social e a melhorar a qualidade do ambiente urbano.

FINANCIAMENTO : Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).


LEADER +

O Programa Leader + visa incentivar a aplicação de estratégias originais de desenvolvimento na zonas rurais da Comunidade Europeia, cujo objecto seja a experimentação de novas formas de valorização do património natural e cultural; reforço do ambiente económico, contribuindo para a criação de postos de trabalho; melhoria da capacidade organizacional das comunidades rurais; dinamizar e assegurar a divulgação de saberes e conhecimentos e a transferência de experiências ao nível europeu.
Esta iniciativa é complementar dos outros instrumentos de acção comunitária para o mundo rural, incentivando abordagens integradas concebidas e postas em prática por parcerias que operem à escala local.

FINANCIAMENTO : Fundo Europeu de Orientação e Garantia Agrícola (FEOGA) secção Orientação


EQUAL

Destina-se a eliminar os factores que estão na origem das desigualdades e discriminações que impedem actualmente muitos cidadãos de desempenharem o seu papel seja no mercado de trabalho ou na sociedade em geral. As suas prioridades são fundamentalmente: desenvolvimento das competências e empregabilidade das pessoas actualmente sem trabalho; renovação e actualização das competências das pessoas empregadas nos sectores vulneráveis; desenvolvimento do espírito empresarial e da garantia da participação equilibrada das mulheres e dos homens no mercado de trabalho. Acresce que no âmbito do EQUAL, será tida em conta a inserção social e profissional dos requerentes de asilo.

FINANCIAMENTO : Fundo social europeu (FSE).


Repartição dos Fundos Estruturais por cada Iniciativa Comunitária

INICIATIVAS COMUNITÁRIAS
PARA PORTUGAL

Em milhões de euros, preços de 1999
% da UE
INTERREG III
394 
8,08 
URBAN II
18 
2,57 
EQUAL
107 
3,75 
LEADER +
163,2 
7,52 
TOTAL

671 

6,42 

Topo


Ministério do Ambiente, do Ordenamento
do Território e do Desenvolvimento Regional
Logótipo do IFDRInstituto Financeiro para o Desenvolvimento Regional, IP Logótipo da Comissão de Gestão do QCA III logótipo União Europeia FEDER
EspaçoSímbolo de Acessibilidade na Web Produção: AftaminaEspaço